Os dez anos do Jornália e a minha paixão pela escrita

O blog Jornália do Ed nasceu, em parte, da necessidade que eu sempre tive de escrever.  Desde muito pequeno desenvolvi uma estratégia de sobrevivência – a tudo e a todos – baseada no ato de escrever. Comecei escrevendo músicas na adolescência e esse singelo hábito fez com que eu me resguardasse dos muitos perigos a que os garotos da periferia sempre estão expostos.  Houve uma época em que eu me sentia muito, mas muito importante porque contribuía com pequenos artigos no jornal de bairro lá da Mangueira. Quando criei coragem e adquiri um pouco mais de conhecimentos ousei escrever alguns livros (não publicados ainda). Com a explosão da conectividade que veio junto com o século XXI a internet se apresentou como um canal fácil e rápido para minhas aventuras no dificílimo e prazeroso ato de escrever. Foi nesse momento, no dia 09 de junho de 2007, que nasceu o  Jornália. O post inicial trouxe um informativo sobre uma greve de professores em Pernambuco. Daí em diante seguiu-se um período de aprendizagem sobre o universo dos blogs e tornei-me um viciado no assunto, tanto que acabei fazendo uma especialização: “O Uso dos Blogs e das Redes Sociais Como Ferramentas Pedagógicas” (UFRPE-2012).

Fica bem claro no relato acima que escrever sempre foi um exercício de libertação para mim. Um texto bem escrito, bem construído, tem uma beleza que se renova a cada leitura. A combinação de palavras pode ser um ato de rebeldia, revela desejos, inicia guerras, conduz multidões a seguir um pensamento, salva vidas, molda costumes, diverte, entristece, seduz, condena, absolve, esconde nas entrelinhas e encanta. Que venha a próxima década!

PS: um dia eu aprendo a escrever direitinho!

Comments

No responses to “Os dez anos do Jornália e a minha paixão pela escrita”