TRÊS GENOCIDAS TRANSFORMADOS EM HERÓIS

Paul Tibbets: brigadeiro da força aérea dos Estados Unidos. Condecorado como herói de guerra e enterrado com honras militares em 2007. O que ele fez? Ele foi o piloto do Enola Gay, o avião que jogou a bomba atômica sobre Hiroshima, no dia 6 de agosto de 1945. 120 mil pessoas morreram nesse “ato heróico”. Enola Gay era o nome da mãe dele.
General Custer: mais um herói estadosunidense. Na verdade ele era um subtenente que por conta da dureza com a qual tratava os índios, ganhou o título de general. Custer foi responsável por uma das maiores carnificinas envolvendo índios na América. Massacrou Cheyennes e Siouxs. Sua arrogância era tanta que levou sua tropa para uma batalha que já se sabia perdida. Ele e mais 266 soldados morreram no episódio que ficou conhecido como “A Batalha de Little Bighorn
Duque de Caxias: patrono do exército e herói brasileiro. Liderou a Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) na Guerra, ou melhor, no Massacre do Paraguai. Os três países mais ricos da América do Sul, insuflados pela Inglaterra, dizimaram quase 90% da população paraguaia. Uma das maiores carnificinas da história da América que os livros quase omitem. Motivo: o Paraguai estava se industrializando rapidamente sem precisar das rédeas dos ingleses. Isso desagradou à Coroa Britânica e o resultado foi o massacre. Obviamente, esse não foi o motivo oficial do conflito.

Comments

25 Responses to “TRÊS GENOCIDAS TRANSFORMADOS EM HERÓIS”

14 de junho de 2008 00:38

Sempre é bom ler um pouco sobre história!!!

http://www.avidanobeco.com/

Seduction disse...
14 de junho de 2008 00:53

É incrível como a gente se engana.

Bem, isso aconteceu porque as pessoas parecem não entender que numa guerra não existe herói e bandido. São vítimas, pessoas que, sabe-se lá porque, acreditam que exterminar outras é a solução

Tragicomicuzinho disse...
14 de junho de 2008 01:10

fazer o q, neh!!

o povo n sabe d nada e entra nessas.

Michell Niero disse...
14 de junho de 2008 02:31

Duque de Caxias foi responsável por um dos mais cruéis mortínios da história da humanidade.
Dá até pra entender o fato de ele ser considerado um herói, tendo em vista a influência dos milicos na educação brasileira na época da ditadura. O que é realmente incrível é a máscara dele perdurar depois de 23 anos de democracia. Não dá pra iludir mais uma geração de brasileiros dizendo que o Brasil foi ''descoberto'', quando na verdade foi invadido, e que o tal Duque é um herói.Disso já basta!

blog disse...
14 de junho de 2008 05:53

Boa.

Há mais um: Leopoldo II, rei da Bélgica. Transformou a população do Congo em ruínas. De 45 milhões para 9 milhões. E a rapaziada falando em Hitler...Não estou querendo dizer que o austríaco era boa gente - ao contrário -, mas por que não citar tb o monarca belga?
Acho que sei a resposta. Simples: Leopoldo II matou negros. Parece que matar judeus é coisa grave; negros, não.
Absurdo!

E Caxias...bem, Caxias sempre foi um bom fdp. Mas o brasileiro parece curtir bandidos, gosta de enaltecê-los.
Lembra-se de que Alexandre Pires e Edmundo são homicidas? E o povo aplaude (nos palcos e nos campos).
Brasil!

Gostei dos links, Ed.
Valeu.

Uriel Gonçalves disse...
14 de junho de 2008 13:46

eles não são muito queridos nao ein xD
ahsuahusahushuauhs

Mayna disse...
14 de junho de 2008 20:16

Há muitas histórias, que a própria história omite.
A verdadeira história desses fatos nunca saberemos.

http://maynabuco.blogspot.com

Wander Veroni disse...
14 de junho de 2008 20:42

Oi, Ed!

Obrigado pelo comentário lá no Café. O mais bacana foi a sua consideração em apontar a autoria. Fico feliz do blog ter conquistado esse respeito.

Vlw mesmo...aguardo vc lá mais vezes!

Abraço,

=]
____________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Bete Meira disse...
14 de junho de 2008 21:17

Muito bom saber um pouco do que há por trás da história oficial!Lamentável!
RETRATAÇÃO PÚBLICA: obg pelo seu comentário em meu blog!kkk.. O final do texto comentado por vc diz assim: "Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.Olhe-se no espelho. " Quando me olho no espelho vejo um brilho diferente!E vc?Vamos mudar!Vamos ter disposição para guinadas!Brigaduuuuuu

cottidie disse...
14 de junho de 2008 21:22

Sem contar que, segundo J. J. Chiavenato, a Guerra do Paraguai foi uma tentativa de embranquecimento da nação.
Os negros eram mandados pra frente de batalha lutar contra baionetas, e só tinham como defesa seus golpes de capoeira...

lindo, não?
ótimo post, ed. prá pensar!

Marcelo disse...
14 de junho de 2008 21:47

Há um revisionismo na história que tenta criar heróis e vítimas. Falam da bomba atômica, apagam o massacre de chineses em campos de concentração na Manchúria... (mataram umas 20 vezes mais do que Hiroxima) Falam de Solano Lopes como um super herói na luta contra o imperialismo inglês enquanto na verdade era um déspota que não industrializava seu país porque isso requer dinheiro que o paraguai nunca teve. Não estou justificando atitudes nem massacres... crimes contra a humanidade não têm atenuantes... tenho medo e dos heróis que os "textos históricos" nos legam...

Alcione Torres disse...
14 de junho de 2008 22:44

Vc disse que a troca do layout sempre dá erro. Que tipo de erro está dando?

http://sarapateldecoruja.blogspot.com/

Leosoul disse...
15 de junho de 2008 11:23

Uma lembrança crucial para sabermos o quanto a história se distorce. o Capitalismo faz isso, mostra apenas a história dos vencedores. Um baita jogo ideológico

15 de junho de 2008 14:44

sempre adorei história....

^^

Beijos

qdo puder passa no meu

htp://nelinhalokinha.blogspot.com

W.G.A disse...
15 de junho de 2008 14:46

é para ver q herois como filme e desenhos nao existe, os q denominamos herois sao desses tipos!

http://galeriadearquivos.blogspot.com/

Abracos

Stanley Marques disse...
15 de junho de 2008 14:54

Uma pena que muitos estudam uma História distorcida, enganosa, falsa.

http://www.antologiaracional.com/
parceria?

Cássia disse...
15 de junho de 2008 19:55

não dá para entender o porque de ainda ter nome de rua como esses...Obrigada pela visita, volte sempre!!

16 de junho de 2008 15:08

Todos os atos heroicos são questionaveis...

Katarina disse...
18 de junho de 2008 14:23

Cada época e cada país tem o herói que merece...
Prefiro o Pelé...

Anônimo disse...
7 de setembro de 2013 12:15

Nessa sua listinha falta muita gente. Stalin, Hitler, Mao, Fidel, Che e todos os presidentes das superpotências dos últimos 60 anos.

Anônimo disse...
15 de maio de 2014 17:57

Cade a fonte? Duque de Caxias foi o maior herói brasileiro que já existiu, um homem correto e conservador. Quem que vc acha que é herói? Fidelidade Castro?

Ana Cláudia Marques disse...
16 de setembro de 2014 02:58

Não vamos esquecer também de duas pragas espanholas que assolaram a América pré-colombiana: Hernán Cortéz e Francisco Pizarro.

Ana Cláudia Marques disse...
16 de setembro de 2014 19:16

Não vamos também esquecer dois monstros dos quais a Espanha deve ter até hoje vergonha de ser berço natal, que barbarizaram com a América pré-colombiana durante a época das conquistas: Hernán Cortés (no México) e Francisco Pizarro (Peru).

julio disse...
18 de janeiro de 2015 13:23

Olá sou muito interessado e possuo vários livros sobre a guerra do paraguai, essa visao de caxias assassino e paraguai bonzinho é de um autor os demais e mais recentes contam uma historia bem diferente, sugiro aos que se interessarem que leiam o mais novo livro editado sobre o tema que se chama MALDITA GUERRA, e lembrando é claro que a guerra se inciou pela açao do PARAGUAI invadindo o rio grande do sul, mato grosso e aprisionando um navio brasileiro onde os passageiros foram feitos refém e muitos morreram na prisao. Solano Lopez que hoje é herói no paraguai por causa da imposiçao de um regime ditatorial, foi o responsavel por levar a morte do seu povo e a ruína do seu país, com sua ambiçao expansionista, graças a caxias e outros milhares de brasileiros que deram suas vidas e seu sangue estados como rio grande do sul, parana santa catarina e mato grosso fazem parte do brasil.

Anônimo disse...
28 de fevereiro de 2015 14:05

Fez muito bem, Duque ! Deveríamos é ter colonizado o Paraguai !