OS DONOS DOS NOMES DE ALGUMAS RUAS IMPORTANTES DO RECIFE

Agamenon Magalhães: Nasceu em Serra Talhada, Pernambuco, em 1893 e faleceu no Recife no dia 24 de agosto de 1952. era Geógrafo de formação, mas atuou também como promotor de Direito. Fez carreira na política sendo deputado federal entre os anos de 1918 e 1945. Governou Pernambuco entre 1937 e 1950. Foi também Ministro da Justiça e do Trabalho.
Fernandes Vieira: João Fernandes Vieira nasceu em Faial, Ilha da Madeira, em 1613. Faleceu em Olinda no ano de 1681. Era um mulato de origem pobre que chegou a ser senhor de engenho e ficou marcado pela crueldade com que tratava seus escravos. Mesmo com essa mácula, ficou também eternizado como “Herói da Restauração Pernambucana” por ter participado ativamente na expulsão dos holandeses.

Marquês do Herval: Manuel Luís Osório nasceu em Conceição do Arroio (Atual Osório), Rio Grande do Sul, no dia 10 de maio de 1808 e faleceu no Rio de Janeiro no dia 04 de Outubro de 1879. Foi um militar que fez carreira política durante o Império.
Conde da Boa Vista: Francisco do Rego Barros, nasceu no Cabo de Santo Agostinho no dia 04 de fevereiro de 1802 e faleceu no Recife, no dia 04 de outubro de 1870. Era irmão de João do Rego Barros, o Barão de Ipojuca. Fez carreira militar e acabou sendo preso e enviado para Portugal. Depois da prisão, mudou-se para a cidade de  Paris onde bacharelou-se em Matemática. De volta ao Recife dedicou-se a política. Foi ele quem autorizou a construção do Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco. Por decreto de 18 de junho de 1841 foi agraciado com o título de barão, recebendo o título de barão com grandeza por decreto de 2 de dezembro de 1854. Promovido a visconde, com grandeza, em 12 de dezembro de 1858 e elevado a conde da Boa Vista, em 28 de agosto de 1860. O Conde da Boa Vista viveu até o fim dos seus dias na Rua da Aurora, nº 405, onde hoje funciona a Assembleia Legislativa de Pernambuco.
Dantas Barreto: Emídio Dantas Barreto nasceu em Bom Conselho, Pernambuco, em 1850 e faleceu no Rio de Janeiro em 1931. Era militar de carreira e ganhou notoriedade por ter participado da Guerra de Canudos. Foi Ministro da Guerra no governo Hermes da Fonseca, governou Pernambuco entre os anos de 1911 e 1915 e foi Senador da República.
Conselheiro Rosa e Silva: Franco de Assis Rosa e Silva nasceu no Recife no dia 04 de Outubro de 1856 e faleceu no Rio de Janeiro no dia 01 de julho de 1929. Político de carreira, foi vice-presidente no governo Campo Sales. Rosa e Silva tem uma curiosidade na sua carreira política: serviu ao Império e a República. O Conselheiro Rosa e Silva entrou para história como o mentor do incêndio que destruiu o Mercado do Derby – atual QG da Polícia de Pernambuco – para afrontar Delmiro Gouveia, o criador do grande empreendimento comercial e inimigo político de Rosa e Silva e do governador de Pernambuco Sigismundo Gonçalves.
Mascarenhas de Morais: João Batista Mascarenhas de Morais nasceu em São Gabriel, Rio Grande do Sul, no dia 13 de novembro de 1883 e faleceu no Rio de Janeiro no dia 17 de setembro de 1968. Foi um comandante militar e atuou na Segunda Guerra Mundial. Ganhou notoriedade por ser um grande opositor de Getúlio Vargas.
Visconde de SuassunaFrancisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque nasceu em Jaboatão no dia 10 de junho de 1793 e faleceu no Recife no dia 28 de Janeiro de 1880.Era irmão do Barão da Muribeca. Teve atuante carreira política durante o Império sendo Senador e Ministro da Guerra. Foi agraciado com o título de visconde com grandeza por decreto de 14 de março de 1860
Demócrito de Souza Filho: nasceu no Recife no dia 27 de outubro de 1921 e foi assassinado, pela polícia da Ditadura Vargas, na Praça da Independência, em frente ao Diário de Pernambuco, no dia 03 de março de 1945. Demócrito era ferrenho crítico de Getúlio Vargas. Depois de ter rasgado uma foto do ditador, foi perseguido e se refugiou no prédio do Diário de Pernambuco. Durante um discurso de Gilberto Freyre feito da sacada do prédio, a polícia abriu fogo em vária direções e uma das balas atingiu Demócrito e outra o Carvoeiro Manoel Elias.
Marquês de Olinda: Pedro de Araújo Lima nasceu em Gameleira, Pernambuco, no dia 22 de dezembro de 1793 e faleceu no Rio de Janeiro no dia 07 de junho de 1870. Foi regente e primeiro-ministro do Império Brasileiro. Durante mais de 50 anos de vida pública, foi ministro dos Negócios, da Marinha, da Justiça, da Guerra, da Fazenda e da Agricultura.

Comments

One response to “OS DONOS DOS NOMES DE ALGUMAS RUAS IMPORTANTES DO RECIFE”

Sidclay disse...
25 de março de 2012 11:02

Cara, isso dá um trabalho massa de Geografia... Existe um livro sobre o Re3cife e suas ruas, como também tem Recife e seus bairros... Muito bom!