TOP 05 CENA DE CINEMA

Sempre que me reúno com meus amigos, entre outras coisas, falo de cinema. Todo mundo, sem exceção, tem guardado na memória, uma ou mais cenas marcantes. Basta soltar o mote e os exemplos vão surgindo, cada um com sua justificativa - muitíssimo particular – vai mostrando detalhes que uns enxergam, outros não e o papo se desdobra pelo mágico universo da Sétima Arte. Resolvi então elencar um top cinco das minhas cenas de cinema preferidas. Antes de mais nada, adianto que a lista não leva em consideração a qualidade do filme, não é isso. É meramente um julgamento particular – absolutamente subjetivo, portanto – sobre filmes que assisti. Destacarei, inclusive, cenas de filmes que não gostei, porque é perfeitamente possível gostar de um trecho e execrar a obra completa. Dito isso, vamos à lista:

Ghost– Cena do Assassinato de Sam: esse é um filme que não figura na minha lista de preferidos, mas a cena em questão é muito boa. A primeira vez que assisti, surpreendi-me com o desfecho. Depois que Sam (Patrick Swayze) persegue o bandido, para e volta ao ouvir o choro de Molly (Demi Moore). Ai vem a surpresa: ele já era um fantasma. Bela sacada!

Ben-Hur Jesus: Esse filme figura na minha lista de favoritos eu poderia escolher várias cenas: a da telha caindo nos romanos, a corrida de bigas, a do leprosário, todas muito marcantes. Mas a cena em questão é muito emocionante. Mostra o encontro de Ben-Hur (Charlton Heston) com Jesus. Ben-Hur abatido pela sede, desmaia e Jesus lhe dá água. O Soldado romano esboça uma reação, mas quando percebe se tratar de Jesus, recua. Emocionante!

Grease– A transformação de Sandy: Esse foi um dos filmes que mais vi na vida. É da época da minha adolescência, curtia bastante. O filme tem um monte de cenas inesquecíveis, mas a do parquinho, quando Sandy (Olivia Newton John) aparece de preto, toda gostosona, e ela e Danny (John Travolta) interpretam “You're” The One That I Want”, é magia pura. Lembro do cine São Luiz, em peso, cantando esse mega hit. Inesquecível.

Anjos de Caras Sujas (Angelswith Dirty Faces) - Cena final: Clássico absoluto, um dos filmes que mais curto do meu gângster preferido, James Cagney. De quebra, a obra ainda traz Humphrey Bogart como coadjuvante. A cena final em que Rocky Sullivan caminha para a execução é inesquecível. Seu amigo Jerry, consumido pela culpa de ter colocado Rocky no caminho do crime, relembra cenas da infância delituosa dos dois. Triste e terno!

Fama– I'me Gonna Live Forever: Mais um musical, mais um filme da minha adolescência. Assim como Grease, eu poderia selecionar várias cenas: Irene Cara cantando “On My Own”, ou a belíssima cena do Paul McCrane cantando “Is It Ok If I Call You Mine” na janela com aquele neon piscando, inesquecível. Mas, a cena da rua em que o pai do tecladista Bruno Martelli (Lee Curreri) estaciona o carro na frente da escola de artes e põe para rodar uma fita com “ I'me Gonna Live Forever” e todo mundo corre para dançar na rua, é um resumo do filme. A cena, inclusive, virou comercial de tevê. Clássico pop!


Comments

No responses to “TOP 05 CENA DE CINEMA”