OS SIGNOS TEMPORAIS

A vida é composta de signos temporais, cada época da sua vida tem um referencial de imagem, odor, sentimento, um som. Os signos temporais servem de referencial para o resto da vida. A todo hora essas referências ressurgem, mas nós só percebemos algumas vezes. Outro dia eu fui com minha filha mais nova a uma locadora pegar um filme. No caminho, passamos por uma praça que eu freqüentava quando criança.

Quando minha filha avistou os balanços, falou: “Dindo (ela me chama assim) posso me balançar?” Eu, como de costume, disse não. Ela fez uma cara triste e seguimos em frente. Já na locadora, enquanto procurava um filme, um dos tais signos temporais me veio à mente. Lembrei-me que quando criança sempre passava com minha mãe por aquela praça e ela nunca deixava eu ir ao balanço. Lembrei-me de quão triste eu ficava. Criança enxerga as coisas de uma forma diferente dos adultos. Coisas simples, que nada significam no “importante” universo dos mais velhos, podem ser muito representativas para os pequenos. Saí da locadora carregando uma cruz de trezentos quilos. Ao passarmos pela praça, claro, convidei minha filha para ir ao balanço. Ela sorriu e, incrédula, se esbaldou no brinquedo. O que se leva da vida é o que se vive, aprendi.

Comments

8 Responses to “OS SIGNOS TEMPORAIS”

MUNDO GÓTICO disse...
29 de agosto de 2008 00:32

[:)]

é. eu me lembro bem desse dia, mais não sabia que o senhor deixou eu me balançar por que se lembrou do passado....

um beijo!

•Mogui• disse...
29 de agosto de 2008 22:08

pois é..as crianças tem uma visão diferente dos adultos..dão grande importância á coisas simples..
adorei seu blog! =]
beijão!

karolzinhasb disse...
29 de agosto de 2008 22:19

é a pura realidade...
os adultos tudo veêm de modo diferente...
enqto as crianças veêm todo um universo naquilo
e nós adolescentes..queremos viver o momento mais com o tempo aprendemos que o que importa são aqueles pequenos momentos, que mais na frente é amaior das recordações!
vlw@
bjus...;)^^ se tiver um tempin passa la no meu vlw?!
posso te clikar?

Bete Meira disse...
30 de agosto de 2008 00:47

Que lindo!Lágrimas me vieram aos olhos lendo o post.Esse dia será inesquecível para Thaís,com certeza,e um dia,provavelmente, algo parecido se repetirá entre ela e os filhos que vier a ter. Precisamos prestar atenção no que é URGENTE e no que é FUNDAMENTAL.Ir â locadora poderia ser urgente,mas a alegria dela ao se balançar,era fundamental.Tiro meu chapéu!

Daniel Leite disse...
30 de agosto de 2008 19:04

Pois é. Não há que ligar para os tais signos temporais, nem em ficar fazendo previsões e classificando cada fase da vida. O negócio é viver. Simplesmente.

Até mais!

31 de agosto de 2008 13:14

isso me remete muito a minha não tão distante infancia... eu percebo que até na minha pouca idade já esqueci da simplicidade que tem a criança, e como um simples gesto pode deixa-la triste, ou pode fazer com que o dia seja "o melhor da sua vida".
mais uma vez parabéns pelo blog, a cada vez que comento aqui eu aprendo algo diferente

=*

http://meus-sonhos-vazios.blogspot.com/

. lú disse...
31 de agosto de 2008 13:56

o que faz a vida feliz são os pequenos e bons momentos, fato.