MISFITS, TRASH NA MEDIDA CERTA

Ando um pouco afastado do universo das séries, me falta tempo para acompanhar todas que gosto. Abri uma exceção para a ótima série inglesa Misfits. A primeira temporada foi curta, apenas seis episódios, mas a saga dos cinco jovens desajustados com superpoderes, deu muito certo.
Para quem não conhece a série, ela narra as aventuras de cinco adolescentes que cumpriam pena prestando serviço social quando foram atingidos por um raio e adquiriram poderes especias. Kelly (Lauren Socha) ganha a habilidade de ler os pensamentos dos outros, Curtis (Nathan Stewart-Jarrett) pode voltar no tempo, Alisha (Antonia Thomas) coloca as pessoas em um frenesi sexual, quando eles tocam sua pele, e Simon (Iwan Rheon) pode tornar-se invisível.
No começo, houve quem cometesse o sacrilégio de comparar a produção da E4 ao Heroes. Nada a ver! Misfits, propositalmente, usa e abusa de elementos da cultura trash. Tudo absolutamente na medida certa. A série ousa também nas cenas picantes. Alisha, que com um toque provoca um frenesi sexual nos homens, protagoniza várias cenas no melhor estilo fêmea fatal.
A segunda temporada está no quinto episódio. Os roteiristas estão se divertindo com as cenas trash. A melhor até agora, sem dúvida, foi a cena do amendoim. Simon arremessou um amendoim que voou em slow até acertar a boca do bandido. O grão causava o mesmo efeito que a criptonita causa no Superman. Uma deliciosa brincadeira que alimenta o imaginário dos fãs. No quinto episódio brincaram com o clássico King Kong. A esquisitona Kelly conheceu um cara com quem teve tórridos encontros que renderam uma bela sequência de cenas picantes. O cara era uma das vitimas do raio misterioso e sofria uma mutação: transformava-se em gorila.
A cena escolhida para ser parodiada, claro, foi a do King Kong no prédio. Com Kelly nas costas, o gorilão subiu num edifício e teve o mesmo fim do seu xará do cinema. Para quem procura diversão, a série é uma ótima pedida. Destaco ainda, o ótimo tema de abertura, "Echoes", da banda The Rapture. Confira abaixo o trailer da primeira temporada:

Comments

No responses to “MISFITS, TRASH NA MEDIDA CERTA”