OS BEATLES COMO MATÉRIA ACADÊMICA

O Globo de hoje noticia a criação de uma turma na PUC do Rio cujo tema central é o “Fab Four”. Os interessados desembolsaram R$ 1.860,00 por um pacote de doze aulas que esmiuçará a trajetória da banda de pop rock mais amada do mundo. O interessante é que o grupo de alunos é bastante heterogêneo, vai de 19 a 61 anos. Esse detalhe destaca o caráter atemporal da banda. Lendo essa matéria lembrei-me, claro, das minhas rodas de amigos. O que a PUC fez, na verdade, foi normatizar – não sei se o termo correto seria esse – uma prática corriqueira entre beatlemaníacos: discutir a importância e o legado dessa lenda da música mundial.

José Diniz, coordenador do curso, destaca na matéria, que no início, a ideia causou estranheza, mas a aceitação por parte dos alunos foi tão grande – uma lista de espera para uma nova turma jà está se formando – que não houve como construir argumentos contrários. Outro ponto que merece destaque é que a cadeira está sendo oferecida no departamento de Letras da PUC. Em outras universidades pelo mundo afora, experiências parecidas foram realizadas nos cursos livres de música. Incluir a matéria Beatles num curso de Letras, acredito, é uma experiência inovadora.

Na terra dos Beatles, Liverpool, existe um mestrado sobre a banda. Segundo José Diniz, o curso seguirá os moldes desse mestrado. Aos interessados clique aqui e acesse a página do curso. .


Comments

No responses to “OS BEATLES COMO MATÉRIA ACADÊMICA”