ESTÁ SUBENTENDIDO

Pensamentos ( Roberto Carlos- Erasmo Carlos)

“Se as cores se misturam pelos campos

É que flores diferentes vivem juntas”

INTERPRETAÇÃO:Está claro nesse trecho da canção uma mensagem contra o racismo.

Gente Humilde (Garoto-Vinícius de Moraes-Chico Buarque)

"Eu que não creio, peço a Deus por essa gente”

INTERPRETAÇÃO:Como é uma canção escrita a três mãos, não dá pra saber quem é o ateu, ou se os três são.

Olhar 43 (Paulo Ricardo - Luís Schiavon)

“E pra você eu deixo apenas o meu olhar 43

Aquele assim meio de lado...”

INTERPRETAÇÃO:Bom, essa não está subentendida, mas Paulo Ricardo explica: “Olhar 43 é o meu olhar. Esse apelido nasceu quando eu descobri que tinha 4° de miopia de um lado e 3° no outro”. Simples, né?

Deus Lhe Pague (Chico Buarque) “Por esse pão pra comer, por esse chão pra dormir A certidão pra nascer e a concessão pra sorrir Por me deixar respirar, por me deixar existir, Deus lhe pague

Pela cachaça de graça que a gente tem que engolir Pela fumaça e a desgraça, que a gente tem que tossir Pelos andaimes pingentes ,que a gente tem que cair, Deus lhe pague

Pela mulher carpideira pra nos louvar e cuspir E pelas moscas bicheiras a nos beijar e cobrir E pela paz derradeira que enfim vai nos redimir,

Deus lhe pague” Nota: No final da música construção, esse trecho do Deus Lhe Pague aparece como música incidental.

INTERPRETAÇÃO:Lendária canção do mestre Chico Buarque. A mensagem subentendida é o grito contra a repressão. Ele ironiza sugerindo que tem que pedir autorização para tudo, até as coisas mais elementares. Chico é craque, entre outras coisas, em escrever nas entrelinhas. Deus lhe pague!

Vaca Profana (Caetano Veloso) “Quero que pinte um amor Bethânia Stevie Wonder, andaluz Como o que tive em Tel Aviv Perto do mar, longe da cruz”

INTERPRETAÇÃO:Essa canção é cheia de referências , esse trecho é uma delas. Tel Aviv está perto do mar Mediterrâneo e está longe da cruz porque é uma cidade judáica, não reconhece Jesus Cristo como salvador, não reconhece a cruz como símbolo sagrado.

Tropicália (Caetano Veloso) “Viva a banda, DadaCarmem Miranda, Dadada”

INTERPRETAÇÃO:Nesse refrão, Caetano faz uma referência a Dadá, mulher de Corisco, lendário cangaceiro do bando de Lampião. Ele também faz uma referência ao Dadaísmo (ou Movimento Dadá), criado em Zurique em 1916 por artistas plásticos e escritores. Esse movimento pregava o “non-sense”, o sem sentido.

Cajuína (Caetano Veloso) “Existirmos, a que será que se destina, Pois quando tu me deste a rosa pequenina, Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina Do meino infeliz não se nos ilumina!

INTERPRETAÇÃO:O homem lindo a que Caetano se refere é o poeta Torquarto Neto, que se suicidou em 1976. Ele trancou-se no seu apartamento e abriu a torneira do gás. Por que cajuína? É uma bebida típica do Piauí (terra de Torquarto Neto), uma espécie de aguardente de cajú que o poeta sempre oferecia ao Caetano quando ele visitava Teresina.

Táxi Lunar (Zé Ramalho-Geraldo Azevedo-Alceu Valença) “Pela sua cabeleira vermelha Pelos raios desse sol lilás Pelo fogo do seu corpo, centelha Belos raios desse sol Apenas apanhei na beira-mar Um táxi pra estação lunar”

INTERPRETAÇÃO:O hino dos malucos, é assim que é conhecida essa bela canção no underground. Essa metáfora se refere ao baseado (cigarro de maconha). O cigarro aceso é um corpo com cabeleira vermelha (em brasa). O táxi pra cestação lunar é a viagem, o barato que esse trio pegava! Rssss

Finalizo esse post com um trecho da maravilhosa canção de João Nogueira e do Paulo César Pinheiro, “O Poder da Criação”, em que eles revelam de onde vem a inspiração de compor. Disseram eles:

Não, ninguém faz samba só porque prefere Força nenhuma no mundo interfere Sobre o poder da criação Não, não precisa se estar nem feliz nem aflito Nem se refugiar em lugar mais bonito Em busca da inspiração Não, ela é uma luz que chega de repente Com a rapidez de uma estrela cadente Que acende a mente e o coração”

Comments

15 Responses to “ESTÁ SUBENTENDIDO”

Martinha disse...
9 de fevereiro de 2008 20:16

Oi, td bem Legal que vc tb adora a Cássia Eller! E obrigada por comentar no blog!
Se vc quiser pode assinar o FeedB.
Tem msn? Vou visitar sempre seu blog e vc visita o meu! Pode ser
Bjos

Bruno V. Alves disse...
9 de fevereiro de 2008 21:09

Essas interpretações suas das frases são as mais legais, principalmente a do olho 43, kkkkkkkkkkkk
mto bom seu blog, dps passa lá no meu..tem uns videos legais xP

http://reclamesdoplimplim.blogspot.com/

Gugu disse...
9 de fevereiro de 2008 21:36

Muito bom. Gostei do seu blog em geral, das postagens e desse layout. Parabéns!!
Depois passe no meu: www.gugumarinho.globolog.com.br

JOY disse...
9 de fevereiro de 2008 23:40

Olá, td bom?
Bom, primeiro, vlw pelo elogio ;)
mto legal, vc deixar sua opinião no meu blog...
Sim realmente é um filme muito legal, coloquei como dica, pq me identifico muito com ele...
Agora qnto ao cartaz, pq não gostou? seria interessante saber...
Nossa li as frases e interpretações, mto boas...

me chamou a atenção logo a primeira "Se as cores se misturam pelos campos. É que flores diferentes vivem jntas." gostei msm...

Professor, poxa q legal, professor de q?

Obrigada mais uma vez, sempre que possível passo por aqui para conferir as novidades... ;)
Bjos

10 de fevereiro de 2008 00:44

Achei demais esse post. Realmente as letras bem escritas e cheias de significado de muitas músicas, transformaram e inspiraram gerações de brasileiros. Pena que hoje tudo tenha mudado.

Nana Lopes disse...
10 de fevereiro de 2008 08:48

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Amei suas intervesões interpretativas!!

10 de fevereiro de 2008 13:25

bem interessante essas interpretações que os musicos tinham
;)

Martinha disse...
10 de fevereiro de 2008 13:31

OI, td bem? Obrigada pelo retorno! Pode linkar os outros 5 blogs, incluindo cassia eller, nossa caontora favorita?
Nos seis blogs tb tem feeds pra assinar. Fique a vontade. Aguardo retorno! Sey blog tb é 100000

Anônimo disse...
10 de fevereiro de 2008 13:42

nossa! que informações interessantes! de onde as tiraste?
espero que seja tudo verdade, porque ficou bom de acreditar.

10 de fevereiro de 2008 18:15

Eu custumo ir passando de blog em blog para conhecer novos espaços, quando gosto do cantinho de alguém deixo um recadinho, para poder acertar o caminho de volta, rs...rs...
Bem, te convido a visitar o meu cantinho também, caso você goste, nao deixe de deixar um recadinho, ah! e se não gostar pode criticar também!
Um abraço!
Liz

Chris Cunha disse...
10 de fevereiro de 2008 21:39

Seu blog é show! Estarei acompanhado suas atualizações no RSS. Parabéns e sucesso!

10 de fevereiro de 2008 22:25

Obrigado pela crítica, talvez foi a melhor que recebi até o momento.

Os livros não são perfeitos , diga-se de passagem temos em todos pelo menos um ponto negativo. Quanto ao monge e o executivo concordo que há uma idealização do Simeão como afirma no seu blog e será colocada no post à respeito.Leio o livro até o final, afinal eles surpreendem às vezes. Quanto à auto-ajuda é claro que milhoes de coisas vc já sabe (puro bom senso), porém têm-se algumas maneiras e incentivos para colocar ALGUNS hábitos em prática.Ler e filtrar,é isso aí!

Mickey disse...
11 de fevereiro de 2008 01:34

poh, muito legal esse subentendido.,...gostei pacas....
aki continue assim tya blz....



da uma visitadinha no meu]

http://sonacachaca.blogspot.com/
http://sonacachaca.blogspot.com/

mary disse...
11 de fevereiro de 2008 17:39

Muito boas as interpretações! Mas tem algumas músicas cujos significados entrelinhas nunca são desvendados, não é mesmo? :)

beijos
www.outroblogdamary.com

Isabela disse...
29 de fevereiro de 2008 22:52

Hummm, interessante! Adoro ler essas coias. :)

http://giiblog.wordpress.com/