Campeões da Fórmula 1 - Primeira parte: Os cinco primeiros campeões

Nino Farina
Emilio Giuseppe  Farina, ou Nino Farina (Itália) (Turim, 30 de outubro de 1906 — Aiguebelle, 30 de junho de 1966) foi o primeiro campeão da Fórmula 1, venceu o campeonato de 1950 correndo pela Alfa Romeo. Nino Farina disputou duas temporadas – sendo a segunda, em 1955, pela Ferrari – completando 34 GPs, com vinte pódios e cinco vitórias.
Fangio
 
  Juan Manuel Fangio (Argentina) (Balcarce, 24 de junho de 1911 — Buenos Aires, 17 de julho de 1995). Durante muitos anos foi o maior recordista de títulos da Fórmula 1, sendo superdo, apenas, por Michael Schumacher. Fangio ganhou cinco títulos: 1951 pela Alfa Romeo, 1954 pela Maserati, 1955 pela Mercedes, 1956 pela Ferrari e 1957 de novo pela Maserati. Disputou 8 temporadas, 52 GPs, teve 24 vitórias, 35 pódios e 29 pole positios.
Alberto Ascari
 Alberto Ascari (Itália) (Milão, 13 de julho de 1918 — Monza, 26 de maio de 1955) teve dois títulos 1952 e 1953, ambos pela Ferrari. Disputou 6 temporadas correndo, além da Ferrari, pela Maserati e pela Lancia. Obteve, em 33 GPs disputados, 13 vitórias, 17 pódios e 14 pole positions.
Mike Hawthorn
 John Michael Hawthorn, ou Mike Hawthorn (Inglaterra) (Mexborough, 10 de abril de 1929 — Farnham, 22 de janeiro de 1959). Mais conhecido como Mike Hawthorn, foi o campeão de 1958 correndo pela Ferrari. Seu título é um dos mais contestados da Fórmula 1. Teve apenas uma vitória, mas somou mais pontos do que seu compatriota Stirling Moss. Um fato curioso envolvendo esses dois corredores ocorreu no GP de Portugal. Hawthorn cometeu uma infração – empurrou o carro – e seria desclassificado. Moss intercedeu em favor dele e Hawthorn acabou sagrando-se campeão. Disputou 47 GPs, obteve apenas 3 vitórias, 18 pódios e 4 pole positions.
Jack Brabham
 Sir John Arthur Brabham, ou simplesmente, Jack Brabham, (2 de abril de 1926) é um corredor australiano detentor de três títulos: 1959-60, pela Cooper, e 1966 pela Brabham. Disputou 16 temporadas entre 1955 e 1970, conquistando 14 vitórias, 31 pódios e 13 pole positions em 128 GPs.

 Confira, abaixo, imagens do primeiro Grande Prêmio, realizado em Monza (1950), com destaque para Nino Farina, o primeiro campeão.

Comments

No responses to “Campeões da Fórmula 1 - Primeira parte: Os cinco primeiros campeões”