FRINGE 4x03 – ALONE IN THE WORLD


Mais um intrigante episódio de Fringe. A história do garoto Aron foi uma espécie de paralelo com a história de Peter. O start do episódio foi a morte de dois garotos afetados por uma misteriosa mutação que, em questão de horas, decompôs os seus corpos. Quem é fã da série está acostumado com essas bizarrices. Aaron Sneddon, um garoto solitário, foi o personagem central da trama. O episódio foi construído como um paralelo entre a história desse menino e a de Peter.

Os surtos psicóticos do Walter revelaram mais um detalhe intrigante da temporada: ficou claro que a voz e as imagens que o velho cientista estava ouvindo e vendo, eram do Peter. Quando Walter estava sendo analisado pelo psiquiatra, viu o reflexo do filho na prancheta do médico. Na conversa com Olivia os dois descobriram que o homem que povoava os sonhos dela era o mesmo que Walter estava vendo. O detalhe é que nenhum dos dois reconheceram o Peter. A dedução lógica é que o Peter adulto, após o sacrifício feito para salvar os mundos, nunca existiu.

A série ainda não apresentou uma explicação didática para esse imbróglio, eu fiquei meio perdido, confesso. O fato é que os roteiristas criaram uma ramificação da história que pode não dar certo. Fico imaginando com o Peter será reintroduzido no contexto da trama. Irão voltar o tempo? Pouco provável. Acredito que a chave desse mistério está no mundo alternativo.

Mais do episódio

*A dobradinha Olivia/Agente Lee começa a ganhar força. Todo mundo elogiando, quero ver quando o Peter voltar. O policial com cara de Nerd encaixou perfeitamente na Divisão Fringe.

* Walter enfiando uma haste de metal no cérebro, convenhamos. Foi demais até mesmo para o universo Fringe. Olivia chega, retira a peça – na vida real um objeto introduzido assim só é retirado cirurgicamente – e tá tudo bem. Oi?


Ficha Técnica
Escrito por: David Fury
Direção: Miguel Sapochnik
Exibição EUA: 07 de Outubro de 2011

Comments

No responses to “FRINGE 4x03 – ALONE IN THE WORLD”