FRINGE 4x05 - NOVATION


Spoilers Abaixo! 
Esse episódio foi tão didático – no que se refere a história do Peter – que acabou ficando um pouco morno. Outra coisa que não gostei foi essa reaparição dos transmorfos, pareceu-me enchimento de linguiça. As mortes na casa do Dr. Malcolm Truss e o sequestro dele, pouco contribuíram para a trama. Sei, tem aquela história da comunicação interdimensional via máquina de escrever (que agora e portátil, ual!) sugerindo que a missão da transmorfa japinha foi bem sucedida e um “algo mais” vem por aí. Até mesmo esse detalhe não pegou bem porque é uma repetição de episódios anteriores.

O que realmente me chamou atenção no episódio:

*Nina Sharp é a mãe adotiva de Olivia e sua irmã nessa nova realidade. Essa é uma informação importante. Os detalhes dessa convivência podem trazer grandes revelações para a trama. Não falo das experiências com cortexiphan, refiro-me ao cotidiano, a vida em “família”.

*As habilidades de Peter: surpreendeu-me a forma como o “filho” do Dr. Beshop manipulou os circuitos de acesso da cela -ultra segura – em que ele estava detido e criou um sistema de escuta e comunicação. Ele herdou a genialidade do pai? Para alguns pode parecer uma viagem muito grande imaginar que esse Peter seja uma forma desconhecida de transmorfo. Walter descobriu que eles estão assimilado o DNA dos seres copiados. Aí sim a retomada dessa vertente faria sentido. Impossível? Ora, é a realidade Fringe, quem acompanha a série já deve estar acostumado.

* O clima entre Olivia e Peter – aquela troca de olhares – provocou uma broxada no Lincoln que estava todo animado pro lado da galega. Sorrisos amarelos e ele falando o tradicional”tudo bem”. Nadam mais a dizer!

Ficha
Escrito por: J.R. Orci e Graham Roland
Direção: Paul Holahan
Exibição (EUA): 04 de novembro 2011

Comments

No responses to “FRINGE 4x05 - NOVATION”